terça-feira, 5 de maio de 2015

Nova regra para financiar imóvel com a Caixa entra em vigor


As novas regras da Caixa Econômica Federal (CET) para financiamento de imóveis usados com recursos da poupança entram em vigor a partir desta segunda-feira. Na prática, o banco reduziu o teto de financiamento, o que, consequentemente, exige um valor de entrada maior para fechar um contrato.
A mudança não atinge os financiamentos pelo programa Minha Casa, Minha Vida, e os realizados com recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).
Pelo Sistema Financeiro de Habitação (SFH) – que permite financiar imóveis de até R$ 750 mil em Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e Distrito Federal, e de até R$ 650 mil nos demais Estados -, o financiamento máximo, que era de 80% do valor do imóvel, passa a ser de 50%.
Neste caso, por exemplo, na compra de um imóvel de R$ 500 mil, o consumidor terá de dar um valor de entrada de R$ 250 mil para financiar os demais 50% com a Caixa. Antes, a entrada seria de R$ 100 mil, já que o financiamento poderia ser de até 80% do valor do imóvel.
Já pelo Sistema Financeiro Imobiliário (SFI) – utilizado na aquisição de imóvel cujo valor ultrapassa R$ 750 mil -, o teto de financiamento deixa de ser de 70% e passa para 40%.
Numa compra de valor de R$ 1 milhão, será necessária uma entrada de R$ 600 mil para financiar os demais 40%. Pelas regras anteriores, o financiamento seria firmado com uma entrada de R$ 300 mil, uma vez que era possível financiar 70% do valor.
FONTE:Meionorte.com

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Servidores da Educação aceitam reajuste parcelado e encerram greve

Servidores administrativos da Secretaria de Educação e Cultura (Seduc) resolveram acabar com a greve iniciada na semana passada no Piauí. 
Vigias, zeladores, merendeiras e outros trabalhadores aceitaram a proposta de reajuste de 13%, escalonado em três parcelas até o fim de 2015. 
A categoria reclamava ter ficado de fora dos reajustes anuais concedidos a professsores da rede estadual. Porém, na última quinta-feira (30), o Governo do Piauí apresentou proposta, aceita pela categoria em assembleia na manhã de hoje (4), no clube do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte), zona Norte de Teresina. 
Pela proposta aprovada, os servidores terão reajuste divididos em três parcelas nas seguintes datas: 9 de maio, 2 de outubro e 2 de dezembro. 
O Governo também irá incluir os servidores na data base dos professores a partir de janeiro de 2016. 
Outra reivindicação a ser atendida é o pagamento de férias, que estaria atrasado.
Fonte: Cidadeverde.com

domingo, 3 de maio de 2015

Muitos hipertensos só descobrem doença quando têm infarto, alerta cardiologista

Foto: Wilson Filho/Cidade Verde

A hipertensão arterial ou pressão alta é uma doença caracterizada pela elevação dos níveis tensionais no sangue e atinge cerca de 20% da população brasileira. Em entrevista para o quadro "Saúde para você", do Jornal do Piauí, desta quarta-feira (29), o cardiologista Victor Lira afirmou que muitos pacientes só descobrem que são hipertensos quando têm um ataque cardíaco.
"A doença é silenciosa, a maioria dos pacientes não sabe que é hipertenso até sentir os sintomas. Muitas vezes eles só descobrem quando têm um infarto. Por isso é fundamental se consultar com um cardiologista e tentar descobrir o quanto antes", explicou o médico.
De acordo com o cardiologista, é possível controlar a hipertensão com tratamento médico e adotando um estilo de vida saudável. "É importante manter o peso adequado, não abusar do sal, praticar atividade física regular e evitar alimentos gordurosos" ressaltou o Dr. Victor Lira.
Fonte: Cidadeverde.com

sábado, 2 de maio de 2015

Filme piauiense “Justiça a Qualquer Custo” começa a ser gravado em Campo Maior

Começaram na última quarta-feira (29) as gravações do mais novo filme piauiense, “Justiça a Qualquer Custo”. Sob olhares de curiosos, o longa metragem teve suas primeiras cenas geradas em uma clínica médica no centro do município de Campo Maior. Ao todo, três cenas foram gravadas no primeiro dia de trabalho.


A produtora da nova aposta cinematográfica do estado – Destak Produções - reservou para os primeiros minutos de gravações muita ação e suspense. Correria nos corredores e homens armados chamou atenção de populares e iniciou “Justiça a Qualquer Custo” em grande estilo.

Motivado pelo sucesso e boa aceitação do público com Mistério e Vingança, seu primeiro longa metragem, o diretor Pedro Cavalcante apresenta no novo filme uma conciliação de trama, suspense e comédia, ao tratar de forma ficcional o envolvimento de pessoas da lei com o tráfico de drogas.

“A expectativa é sempre de fazer um trabalho que venha a cair no gosto do público, assim como foi nosso primeiro filme, Mistérios & Vinganças”, diz o diretor sem revelar mais detalhes. Sobre o elenco, Pedro explica: “Estamos com elenco renovado, algumas pessoas do primeiro filme permaneceram, mas contamos com pessoas novatas também”.

Confiante na equipe do filme, Pedro Cavalcante encerra. “Tenho certeza que assim como surpreendemos de forma positiva com nosso primeiro trabalho, vamos trabalhar para surpreender mais ainda com o “Justiça a Qualquer Custo”.

As gravações seguem até o final do mês de Julho. Além de Campo Maior, cidades da região serão envolvidas na produção cinematográfica.
Fonte: Cidadeverde,com

sexta-feira, 1 de maio de 2015

Cartões de visita de Steve Jobs vão a leilão por US$ 5 mil

Steve Jobs

(Foto: Reprodução)

Uma escola da Califórnia está leiloando três cartões de visita de Steve Jobs que datam de 1984 a 1990, período em que o executivo passou de presidente da Apple para CEO da Next e presidente da Pixar.
Os cartões foram guardados por uma família que prestava serviços a Jobs. De acordo com oBusiness Insider, eles preferiram guardar as relíquias durante todo este tempo para manter as informações de contato seguras.
O leilão beneficente vai até o dia 7 de maio e, até agora, os lances estão na casa dos US$ 5 mil (cerca de R$15 mil reais).

Fonte:Olhardigital.com

quinta-feira, 30 de abril de 2015

Processo seletivo para professor do PARFOR/UESPI gera grande procura

É grande a procura pela inscrição no processo seletivo para Professor Formador, Orientador e Supervisor de Estágio (para atuar como bolsista da CAPES) do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica da Universidade Estadual do Piauí – PARFOR/UESPI. A expectativa é que, até às 16h de hoje (30), horário de encerramento das inscrições, o número inscritos ultrapasse os 1.700.

Candidatos aguardando para efetivarem inscrição. Dois técnicos do PARFOR agilizam o processo.
“Assim como hoje, nos dois primeiros dias [28 e 29 deste mês] nós tivemos uma quantidade de candidatos dentro do que a gente esperava. Tudo ocorreu na maior tranquilidade. Nossa equipe de técnicos esteve e estará pronta, até o final das inscrições, para dar as orientações necessárias para evitar falhas no processo”, destacou Raimundo Dutra, Coordenador Geral do PARFOR/UESPI.
Candidatos de outras cidades vizinhas de Teresina também compareceram no último dia de inscrições. Ernani Brandão, Professor Mestre do curso de História do Campus Heróis do Jenipapo (Campo Maior) foi um destes. Ernani já foi selecionado em processos anteriores realizados pelo PARFOR e trabalhou na formação de professores de Teresina, Barras e Parnaíba. O professor falou sobre a expectativa de ser aprovado em mais esse processo, dessa vez para ministrar aula para professores do município de São João do Piauí.
“Tenho uma expectativa boa, até porque já trabalhei formando professores pelo PARFOR em outros municípios e sempre é muito bom. A gente conhece uma outra realidade e desenvolve um trabalho muito importante que é a formação de professores”, disse Ernani Brandão.

Ernani Brandão compareceu no último dia de inscrições.

As inscrições estão acontecendo em todos os campi/núcleos de atuação do PARFOR, no horário de funcionamento da UESPI . No Campus Poeta Torquato Neto, em Teresina, as inscrições vão até às 16h e estão acontecendo no Palácio Pirajá.
A próxima etapa do processo seletivo será análise de documentação, que ocorrerá entre os dias 04/05 a 20/05/2015. O resultado da homologação das inscrições será divulgado dia 21/05/2015 e o resultado final dia 28/05/2015.
Inscrevem-se no processo seletivo professores do quadro permanente, aposentados e do quadro provisório, bem como técnicos administrativos efetivos da UESPI. A seleção refere-se à oferta de disciplinas para o 1º semestre de 2015 do PARFOR, cujo período letivo intensivo ocorre entre 06/07 a 08/08/2015. Neste seletivo todos os 29 municípios onde o PARFOR/UESPI atua foram contemplados.

Fonte:
Assessoria de Comunicação - UESPI
ascom.uespi@gmail.com
(86) 3213-7398

quarta-feira, 29 de abril de 2015

Candidatos ao curso de Pedagogia do Pronera realizam prova na UESPI

A prova escrita destinada aos candidatos do processo seletivo para o curso de Pedagogia do PRONERA, Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária, aconteceu na manhã desta quarta, (29), nos núcleos e campi da UESPI. A prova selecionará 50 educadores(as) para atuarem, segundo o edital, como professores(as), gestores(as) educadores/as sociais na Educação Infantil, anos iniciais do ensino fundamental e Educação de Jovens e Adultos, em espaços escolares e não-escolares, tendo em vista a construção de processos educativos comprometidos com a Educação na Reforma Agrária popular e uma sociedade justa e solidária.


Candidatos fazendo prova no campus Torquato Neto

De acordo com a Profa. Dra. Lucineide Barros, uma das coordenadoras pedagógicas do projeto, o momento é importante para a instituição e para o público atendido: “É um passo significativo da UESPI, no sentido da inclusão desse público, no reconhecimento do direito dos povos do campo a ingressarem na universidade, e conta com o apoio importante do Pronera, que é um programa conquistado pela luta dos trabalhadores do campo, dos movimentos sociais organizados”, relata.
As aulas começam a partir de julho, com regime de alternância. Neste regime, previsto nas diretrizes nacionais para educação no campo, devem ser considerados os tempos educativos diferenciados na realização dos cursos. Deste modo, as aulas se concentrarão nos meses de janeiro, fevereiro, agosto e setembro, com os alunos retornando para suas comunidades nos outros meses para se dedicar, além das atividades do campo, à pesquisa e práticas pedagógicas.


Prova foi aplicada nas salas do CCECA

Outro aspecto diferenciado é a parceria existente na realização desses cursos com os movimentos sociais do campo, o que é uma exigência do Pronera pra realização dos projetos e programas. “Nesse caso contamos com a parceria da Comissão Pastoral da Terra, que é parceira no curso de Pedagogia e Agronomia, e com o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, MST, que é parceiro no curso de Geografia”, finaliza a professora Lucineide Barros.

Fonte:
Assessoria de Comunicação - UESPI
ascom.uespi@gmail.com
(86) 3213-7398